TETRAEDRO DO FOGO

TETRAEDRO DO FOGO


Desde os primórdios da civilização humana, o fogo exerce um papel de fundamental importância para o desenvolvimento da humanidade. Quando fora de controle, ele transforma-se em uma ameaça, ceifando vidas e causando prejuízos incalculáveis. Portanto, quando ocorre um incêndio, devemos estar preparados para combatê-lo de forma eficaz e rápida.

DEFINIÇÃO 

O fogo é formado sempre que há combustão, ou seja, um processo de desprendimento de calor e energia luminosa. Existem três elementos necessários para iniciar uma combustão, sendo eles: o combustível, que fornece energia para a queima; o comburente, que consiste na substância que reage quimicamente com o combustível; e por fim, o calor, que é necessário para iniciar a reação entre combustível e comburente. Portanto: 


Combustível: É todo elemento suscetível a entrar em combustão. Ex. Madeira, papel, pano, estopa, tinta, alguns metais, etc;


Comburente: É todo elemento que, associando-se quimicamente ao combustível, é capaz de fazê-lo entrar em combustão. O mais conhecido é o oxigênio;


Temperatura de ignição: Além do combustível e do comburente, é necessária uma terceira condição para que a combustão possa ocorrer. Esta condição é a temperatura de ignição, que é a temperatura acima da qual um combustível pode queimar. 


Além do triângulo de fogo, existe também o tetraedro de fogo, que além de incluir os elementos citados acima, também leva em consideração a "reação em cadeia", uma vez que para o fogo se manter aceso é necessário que a chama forneça calor suficiente para continuar a queima do combustível.


                                                  



EXTINÇÃO DO FOGO

Extingue-se o fogo retirando ou eliminando qualquer um dos itens que compõe o tetraedro do fogo, através dos seguintes processos: 

Resfriamento: eliminação do calor (ex. água).

Abafamento: eliminação do oxigênio (ex. gases especiais).

Isolamento: eliminação do corpo combustível.

Portanto, o extintor consiste em um suporte contendo certas substâncias (sólidas, líquidas ou gasosas) que são utilizadas na extinção de incêndios, através do resfriamento, do abafamento, ou ambos os processos. É importante lembrar que os agentes extintores devem ser aplicados conforme a classe de incêndio. Caso você não tenha conhecimento à respeito das classes, leia nosso artigo denominado "Tipos de extintores e suas aplicações", e suas dúvidas serão esclarecidas! 

Compartilhar